quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

O Natal já foi, venha o Ano Novo

Então que, gripes e faringites à parte o Natal foi bom, com família, prendas e comida na mesa, como se quer. O Pai Natal continua a manter a tradição e a chegar pelo terraço (à falta de chaminé...) e a miúda continua a achar que o trenó fica estacionado no terreno atrás do prédio e que o velhinho de barbas falar inglês ;)
Agora é tempo de balanços e deixar entrar o Ano Novo.
Nunca gostei muito de fazer resoluções para o novo ano e desconfio de planos perfeitos, prefiro respirar fundo e acreditar que o virar de página do calendário é sempre algo mágico.
O reveillon, como vem sendo hábito há uns anos, é lá em casa, com amigos e crianças. O jantar está encomendado, as sobremesas adiantadas, resta uma tarde para deixar tudo preparado.

Então a todos um Bom Ano de 2015!

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Das prendas... que se dispensam

...que se dispensam. E em vésperas de véspera de Natal, heis que surge a febre e dores de garganta na piolha... visita que dispensávamos.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Da magia

É incrível como o simples som do batimento cardíaco do bebé é o suficiente para nos deixar nas núvens.
E o sentimento de espanto não se desvanece na segunda (e, calculo, nem na terceira, quarta ou quinta!) gravidez.
Pelo contrário.
O espanto pela capacidade do nosso corpo em gerar um ser, uma nova vida, espanta-me cada vez mais.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Christmas mode ON

Trabalho de quarta à noite:
◆ crinkles de chocolate para o lanche de Natal da escolinha;
◆ lembrancinhas finalmente a tomar forma.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Growing


16 semanas

Grávida pode!

Sim, eu sei que estamos em Dezembro... mas grávida pode!
(e tenho de agradecer à minha mãe que me traz destes mimos mesmo sem desejos)

Segunda Viagem

No dia de aniversário da nossa menina, (soubemos) anunciámos a todos que tínhamos mais uma prenda para ela, mas que iria demorar cerca de 9 meses a desembrulhar, notícia que foi acompanhada pela seguinte t-shirt vestida a uma miúda que ainda tentava digerir a informação de que ia ter aquilo que tanto falava:

  

E desde então que se somam os post na minha cabeça sobre esta segunda viagem e que a ver se é desta que os vou tornando reais...

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Borboletas na barriga

É espantoso como as estreias (principalmente as da minha miúda) ainda me fazem sentir aquele friozinho bom na barriga, ou as chamadas borboletas que nos lembram que fazer algo pela primeira vez tem sempre um sentimento misto entre o medo e o entusiasmo.

Detalhes {27}

Dicotomias de um Setembro final de Verão mas quase invernoso: ouvir a chuva lá de fora e vestir (ainda) tops e roupas frescas.
Nas unhas o azul que tentar afastar as nuvens escuras.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Voltei à boleia do Bolo Tractor

Depois do abandono prolongado, estou de volta e vim à boleia do bolo tractor. Já foi há quase um ano que este bolo saiu literalmente do papel onde fiz o rabisco para a mesa de aniversário do pequeno J., cujo tema de aniversário foi a Quinta (também fiz os convites e lembranças mas isso fica para depois).

 

Com este post procuro agora inspiração para o próximo bolo: um Castelo para a nossa princesa. O rascunho também já está feito.
Mas voltando ao tractor...o bolo nasceu da ideia maluca de construir um tractor, sem recorrer àquelas pastas de modelar que eu pessoalmente não gosto.
Aqui dá para perceber a estrutura base do bolo que foi feito com recurso a dois bolos rectangulares.
  
 


quarta-feira, 30 de julho de 2014

Argumentos da minha filha para não querer ir* para a "casa de férias"**

1. "Não quero ir de férias, quero ficar em minha casa", pronto, é isto, acho que ainda não percebeu que a esmagadora maioria dos dias de férias são passados em nossa casa;
2. "Na "casa de férias" não há quarto das crianças", apontando para o quarto dela, aka, ou também conhecido como espaço-repleto-de-brinquedos-onde-por-acaso-há-uma-cama;
3. "Na "casa de férias" não posso ver as My Little Pony", a nova mania do momento, com episódios em modo repeat em vários momentos do dia (acho que tenho de averiguar essa coisa do ver televisão fora de casa da operadora, passo a publicidade e valha-nos a Santa Internet)...


*don't ask, tanto diz que não quer "ir de férias" como a seguir está a fazer a lista do que quer levar com ela, entre brinquedos, roupa e não esquece o protector solar ;)
**não, não somos ricos e temos uma verdadeira "casa de férias", para ela todo o quarto de hotel ou aparthotel onde estivemos de férias tem essa designação

terça-feira, 24 de junho de 2014

Esta noite voltei à infância

Ser mãe leva-nos muitas vezes de volta à infância.
Hoje voltei à pré-adolescência e andei no meu carrossel de eleição e ao nervoso miudinho das noites de Festa Grande. Constatei que o meu estômago já não aguenta da mesna forma...mas a alegria e as gargalhadas da estreia da minha filha na sua primeira voltinha no carrossel dos grandes compensam todas as tonturas.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

As missangas são mais fashion que as borbulhas

Esta manhã, a minha filha mostra-me a perna e diz:
"Olha uma missanga", apontando para uma pequeníssima borbulhita.
Realmente as missangas são mais fashion que as borbulhas ;)

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Detalhes {25}

Na falta de palavras ficam imagens dos nossos dias.

Uma parte do nosso Dia Mundial da Criança que incluiu brincadeiras na "Quinta", reuniões de família e sessão de cinema.
 
Uma joaninha desfocada ao sol.
 
Arte criada com côdea e miolo de pão [@work].
 
Mais um bolinho que saiu do meu forno num destes dias.
 
Da moda do momento que também chegou cá a casa. 

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Carlota na Quinta*

Além de ajudar o pai a alimentar os canários e piriquitos que estão em criação, de correr atrás das galinhas e patos, de apanhar flores ou frutas, na "quinta" da família, a Carlota também gosta de ajudar a avó a lavar a roupa no tanque.

 
*rubrica ao melhor estilo da colecção dos livros da Anita. 

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Parado

Este espaço tem estado tão parado e agora precisa mesmo é que lhe limpe as teias de aranha.
Quase todos os dias tenho ideias que gostaria de partilhar, mas todo o resto da vida tem vindo a meter-se no caminho e o espaço virtual fica para trás, muitas vezes também devido à maior facilidade de outras redes sociais.
Durante esta ausência tem havido de tudo. Bolos, projectos, decisões, muitas fotografias para partilhar.
Vamos a ver se retomo a rotina.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Da apatia

Nos últimos meses tenho entrado numa espécie de espiral de apatia de que não gosto. Aquela coisa tão portuguesa do "vai-se andando" que, em tempos 'normais' me irrita. Mas não consigo sair da espiral. Corrijo. Não consigo encontrar força para dela sair.
A culpa é minha, claro. "Muda de vida se não vives satisfeito" já diz a canção e talvez eu deva ouvir mais música. E ler mais. E sonhar ainda mais. Sim, porque até para os sonhos bons, construtivos e que dão vontade de pôr em prática, ando preguiçosa.
Mas isto passa. Eu sei. Tem de passar, nem que tenha que me pôr a mim própria de castigo.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

terça-feira, 18 de março de 2014

Uma questão de géneros

No outro dia a minha filha não queria vestir a camisola que escolhi:
"Essa camisola é de raparigos! Não é para meninas"
Pronto, é tudo uma questão de géneros...

sábado, 1 de março de 2014

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Ser mãe...

É ficar acordada até à 1h20 [depois de chegar de mais um trabalho numa sessão de assembleia municipal] para acabar a bainha do vestido da Branca de Neve, que era o último na loja e alguns tamanhos acima, para estar pronto para a festa de Carnaval na escola...

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Da ironia*

Cenário - Chegadas à escola, apercebo-me que não levei a bata, depois de no dia anterior ter levado outra para lavar:
Eu: Esqueci-me de trazer a bata.
Ela: Olha, que pena...(ler em tom absolutamente irónico como não julgava possível aos 5 anos de idade)

*não sei a quem saiu ;)

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Porque eu tenho amigas talentosas ♥

Quem tem amigas talentosas tem tudo ;)
Adoro de coração ♥
  
Ilustração para a remodelação do quarto da pequena que anda em estudo.

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Carlota na cozinha {3}

Em casa da avó A. a mini-cozinheira tem avental à medida

Do meu forno

Têm saído vários bolos cuja fotos vão ficando esquecidas...

O bolo tractor para a festa com tema da quinta cujos convites também fiz e que vai merecer um post:

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Ser mãe...

É encontrar pedaços de brinquedos nos bolsos do casaco.

No nosso Dia dos Namorados

Nós. Porque foi neste dia, há 6 anos, que soubemos que a nossa vida ia mudar.
PS: I♥You
 

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Banalidades do meu dia #3

Ontem passámos a tarde na cozinha. As duas. O pai estava a trabalhar e eu tinha-a desafiado para fazermos um bolo. Lá fora o mau tempo americanizado com nome de tempestade já dava sinais de ter chegado.
Ela quis fazer primeiro uma gelatina (que gosta só de "comer" enquanto ainda está líquida, depois a mãe  o pai que a comam). Fizemos gelatina de ananás (sem açúcar, já que a tenho de comer pelo menos evito calorias a mais).
Depois fizemos o bolo, ou melhor, eu fiz, ela foi brincando e depois ajudou a misturar os confetis de chocolate negro e branco.
Enquanto o bolo estava no forno eu andei entretida com a roupa que tirei da máquina de secar, com a que tirei da máquina de lavar e coloquei na de secar e entretanto secou e ela esteve sempre por lá, ora a comer, ora a brincar.
Ainda tivemos tempo para fazer massa de moldar caseira (ou seja, mistura de farinha e água) que a que trouxe da escola já estava fora de prazo "e quando a massa se estraga temos de pôr no lixo não é mãe", explicava depois ela ao pai que chegou entretanto, estava ela já a pedir para sair do banho porque a água que enchia a banheira já estava gelada fria.
Foi uma tarde de domingo como eu gosto: caseira, sem presas e onde se consegue fazer muita coisa.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Vale-me o tarifário ilimitado...

Minha querida filha, até agora alérgica (tão parecida com a sua mãezinha) a tudo que é telefones para falar com alguém (sim porque para jogar e brincar já servem), descobriu o maravilhoso mundo das chamadas telefónicas.
Hoje, como o pai não atendia, ligou para as duas avós e ainda falou com o padrinho, fazendo questão de atender o pai quando ele devolveu as chamadas (sim obrigou-me a ligar duas vezes). E faz o report do que está a fazer, com quem está e etc e depois conta tudo da conversa de outro lado.
Mas é preciso estar muitoooooo bem disposta para esta vontade repentina...

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

É isto...

Uma mãe vai levar a sua filha à escola, quer apenas um beijinho e é empurrada - pela própria filha - para fora da sala...
Pronto, é isto...

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

A multiplicação da amizade {e do amor}

Por muitas razões, eu sou daquelas pessoas que acredita que a família é constituída por aqueles que escolhemos para que façam parte das nossas vidas e por isso tem lugar para ligações de sangue, mas também (e, em certos casos, muito mais) para ligações afectivas e laços de ternura e amizade que a vida e o tempo nos trazem.
Serve esta introdução para vos dizer que a família - a nossa família - cresceu. A pequena B. chegou e com ela multiplicam-se motivos de partilha, de festejo e de união.
É giro ver como o grupo de 6 amigos - que há anos partilha a vida - se tem multiplicado e hoje somos 9 (NOVE). Enchemos, literalmente, uma sala, uma casa. Os 9, que este domingo encheram o quarto de hospital de amizade e sentimo-nos em família nas boas-vindas à bebé B.
Como será, a partir de agora, nos jantares de fim-de-semana, numa das três casas, em que as crianças brincam (e brigam porque também faz parte do crescimento), descalças (sempre) e como orgulhosos nos anunciam: "estamos a partilhar os brinquedos". Como será nas idas ao restaurante, onde já vamos ocupar um espaço ainda maior.A B. chegou este fim-de-semana, mas já há muito fazia parte das nossas vidas e das conversas dos seus pequenos amigos C. e J. que já fazem planos de a pegar no colo e brincar, mas só com os "brinquedos para pequeninos".
E assim, através dos nossos filhos, a nossa amizade vai-se multiplicando. E eu gosto que seja assim.

Imagem retirada da Internet



Detalhes {21}

Porque está frio e é sempre bom recordar dias felizes*.
*Objectivo: conseguir manter as unhas arranjadas...

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Ser mãe...

...é descobrir o caminho para freguesias vizinhas onde nunca tínhamos ido só para levar a miúda a uma festa de aniversário.
O GPS pode ser o melhor amigo de uma mãe nos dias de hoje!

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Carlota na Cozinha* {2}

Hoje ajudou a temperar a carne...

*rubrica ao melhor estilo da colecção dos livros da Anita. 

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Pela lente a minha filha

É dar-lhe o telemóvel ou a máquina fotográfica para a mão e a miúda não pára...


Mas, reparem, esta foto de cima foi aperfeiçoada depois das primeiras terem ficado desfocadas.

Já denota técnica :P

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

A dobrar

A minha filha gosta de estar à frente e por isso pouco depois de ter o primeiro dente a abanar já tinha outro em igual situação.
Uns tempos depois vi que tinha não um, mas DOIS dentes a nascer por baixo de dois dos três dentes de leite que abanavam...
E hoje, dia em que começou o processo de cair os dentes de leite, foram logo dois de uma só vez...
Agora a mãe está a tentar dar uma ajuda à fada dos dentes...

Este ano*


Mergulhámos no oceano...

E encontrámos o Nemo...




*Porque está frio - e porque não temos granizo para fotografar por cá - recordamos o Verão...

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Do you speak English?

Cenário: final da noite, pai saiu, nós já em ronha no sofá da sala, começa a aula de inglês.
Começamos pelas cores.
A certa altura pergunto-lhe: "E como se diz cor-de-laranja?"
Resposta pronta: "Cor-de-laranja é Orange, como as laranjas."
 

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Uma casa cheia de brinquedos...

e a miúda quer brincar com a placa térmica das lesões do pai e con a colher de pau...